Website Builder Insider

Aproximadamente 11 minutos de leitura

Quais são seus medos ao jogar?

Não estamos falando de perder, mas sim de situações que podem realmente deixar você “de cabelo em pé” durante uma partida.

Como você reage a cada uma delas?

Vamos conferir uma a uma e depois você conta se são realmente temores reais ou apenas coisas da imaginação, vamos lá!

JOGOS E 12 MEDOS QUE VOCÊ JÁ ENFRENTOU

➡️ 1- Dedos engordurados

Te causa arrepios pensar em alguém comendo um hambúrguer desses e depois pegando nas cartas do seu jogo?

Ou aqueles dedos engordurados manuseando os componentes daquele jogo que custou quase um rim?

De fato, dedos cheios de gordura podem causar arrepios na maioria da galera que curte um bom jogo de tabuleiro, concorda?

➡️ 2- Cartas embaralhadas de qualquer jeito

E aquele seu amigo que se voluntaria para embaralhar as cartas e parece mais que está amassando as cartas do que embaralhando elas?

Assistir a galera manuseando as cartas de qualquer jeito é um tanto quanto desconfortável, especialmente porque se as cartas ficarem marcadas, os outros jogadores podem ficar de olho e jogar com essa informação adicional em mente.

➡️ 3- Ter muitos jogos e não jogá-los

Pode ser desesperador ter uma estante com muitos jogos ainda novos e não ter a oportunidade ou pessoas para jogá-los, não é mesmo?

Aquele jogo caro, aquele lançamento ou aquele achado simplesmente pegando pó na estante por falta de uso.

➡️ 4- Aprender regras de novos jogos

Outra situação muito complicada é ler manual.

Eu sei que é super importante, mas tem manual e jogos mais estratégicos que bate aquela preguiça de ler…

É necessária muita motivação e foco para fazer a leitura, mas vamos adiante!

➡️ 5- Esquecer algum componente no punch board e jogá-lo fora

Quem nunca conferiu os punch boards após destacar as pecinhas algumas vezes para ter certeza que não está jogando nenhuma peça fora que foi esquecida para trás levanta a mão 🙋‍♀️🙋‍♂️

Chega até a dar aquele friozinho na barriga só de pensar na possibilidade de ter jogado fora alguma peça que não foi destacada, por isso é bom sempre conferir umas três vezes, não concorda?

➡️ 6- Vender um jogo que se eu jogasse mais eu passaria a gostar

Não te deixa pensativo e preocupado pensar que aquele jogo que você está vendendo seria mais apreciado se fosse mais jogado mais uma vez? 

Talvez seja a hora de investir mais tempo nele para não se arrepender depois…

➡️ 7- O seu jogo preferido ser aquele que você não consegue convencer ninguém a jogar

Se você tem alguém para jogar seu jogo favorito com você, considere-se sortudo! 

Seja por ser um jogo mais complexo, longo ou simplesmente não ser do agrado dos outros, infelizmente, seu jogo favorito pode ser apenas seu…

➡️ 8- Organizar os jogos de maneira “errada” na estante

Essa é para aqueles que já tem uma certa quantidade de jogos e precisa organizá-los na estante e têm uma certa dificuldade em conseguir “organizar” os jogos de uma maneira específica, seja por tamanho de caixas ou por autores.

Por aí às vezes também rola um certo desafio na hora de organizar os jogos na estante?

➡️ 9- Copos ao redor do tabuleiro

E o medo quando aquele seu amigo traz um copão de água e coloca na mesa cheia de componentes?

Isso realmente preocupa, afinal um esbarrão ou desequilíbrio podem causar um enorme estrago.

Então fica combinado, sem copos na mesa, por favor 🤭

➡️ 10- Pessoas que ficam dobrando o manual do jogo

E aquele amigo que pega o manual para dar uma olhada, não larga mais e fica dobrando, folheando e tentando fazer Origami com ele?

Para quê fazer isso com o coitado, né?

➡️ 11- Rasgar uma peça ao destacá-la

Outra situação que pode gerar um pouco de tensão é quando você começa a destacar os componentes e percebe que um deles começa a rasgar, socorro 😰

A melhor coisa é quando as peças saem praticamente sozinhas dos punch boards, o que traz um grande alívio para quem acabou de comprar o jogo e não quer ter que pensar em pedir reposição de uma peça rasgada.

➡️ 12- Pessoas que entregam peças do seu jogo para os filhos brincarem

E quando seus amigos pegam as pecinhas de um jogo que vocês vão jogar e começam a entregar para os pequeninos?

É preciso muito cuidado porque há o risco de colocarem na boca e engasgar, então, se possível, evite situações assim. O melhor a fazer é pegar um jogo adequado e jogar com os pequenos.

Alguns desses “medos” são reais para muita gente, e para você? Tem mais algum “medo” que é uma realidade?

*Este texto foi reduzido em seu original por conta de restrições de redação